Moeda “porto seguro” pode não estar tão segura assim

Compartilhar

porto seguro

Visão Fundamentalista e Técnica:

O par USD/JPY estendeu seu rally, mostrando uma clara tendência de alta a curto prazo. Depois de estar sendo negociado na primeira metade do dia em uma área muito estreita, o par ganhou força e subiu para seu nível mais alto desde 11 de junho, em 108.79.

Com base na demanda pela moeda americana, além de alguns dados que ficaram aquém do esperado – em especial as encomendas de maquinário que caíram para 7.8%, o preço rompeu a barreira dos 108.68 e fez a máxima mencionada, e a amplitude só não foi maior devido à conta corrente do país registrar um superávit maior do que o esperado.

O Japão divulgará logo mais, na próxima sessão asiática, valores monetários dos pedidos preliminares de máquinas-ferramenta de junho. Nos EUA, as atenções estarão voltadas para o discurso de Jerome Powell, presidente do Fed, que promete uma forte tensão nessa terça-feira (09).

Enquanto isso a moeda “porto seguro” fica sem pista direcional, mas será que o iene ainda vem sendo encarado como esse “porto”?

Tecnicamente falando, o USD/JPY mantém essa posição de alta a curto prazo, como podemos observar no gráfico de 4 horas, reforçada essa tendência com a recuperação do preço acima de 200 SMA, que também é negociado acima das medias de 20 e 50 SMA .

O indicador técnico RSI se mantém em terreno positivo para níveis de sobrecompra, mas longe de uma sinalização de exaustão ascendente, podendo buscar a próxima região de resistência em 109.24, com um impulso adicional quebrando a região de 108.74, e o MACD, seguindo o mesmo padrão, tem sua linha de sinal apontando fortemente para o norte.

HAMILTON REDONDO

Hamilton Lopes

ANALISTA FUNDAMENTALISTA

Últimas Notícias