Dólar faz máxima histórica desde criação do Plano Real

15:06 19/11/2019

Compartilhar

usdbrl 1911

Visões Fundamentalista e Técnica

O Dólar Americano fechou numa máxima recorde na segunda-feira (18), acima de R$ 4.2000 na venda, em uma sessão negativa para moedas emergentes, conforme pesaram dúvidas sobre a situação comercial entre Estados Unidos e China.

No Brasil, a força do Dólar foi amparada pela falta de expectativa de considerável ingresso de capital no curto prazo, pela frustração com a participação estrangeira no leilão do pré sal, e o mais recente episódio do julgamento no plenário do Supremo Tribunal Federal (STF), sobre uma decisão que determinou o envio à corte de relatórios elaborados pelo antigo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF).

Na B3 ( Bolsa brasileira), em que os negócios com mercado futuro vão até às 18h15, o contrato de dólar fechou a R$ 4.2110.

A expectativa agora é que haja uma intervenção do Banco Central do Brasil, visando um freio nessa alta, trazendo a moeda americana abaixo da região de R$ 4.1900. Porém, dado ao otimismo do mercado, não será tarefa fácil.

No gráfico diário, os preços estão acima de todas as suas principais médias móveis – o RSI operando em terreno de sobrecompra e o MACD, bem com sua linha de sinal bem inclinada para o norte, sugerindo uma possível extensão do rali de alta à região de R$ 4.25, antes de uma possível retração.

Já pelo lado negativo, se a intenção do BC em intervir surtir algum efeito, uma perda da região poderia trazer o preço à região de R$ 4.1200, última vez vista em 4 de novembro desse ano.

 
HAMILTON REDONDO

Hamilton Lopes

ANALISTA FUNDAMENTALISTA

Últimas Notícias